Momentos e etc...

Casamento Civil – Saiba por onde começar

Tantos são os detalhes que precisam ser definidos para a celebração e festa, que é capaz dos noivos esquecerem de acertarem os postos para o casamento civil. Para que vocês passem a serem vistos como casados perante a sociedade, uma série de documentações precisam ser atualizadas. Não sabe por onde começar? Nesse mês das noivas, fizemos um passo a passo para te ajudar nesse ponto que, muitas vezes, é deixado para última hora.

casamento civil

Definição do regime de bens

Antes de tudo, é necessário que os noivos decidam qual será o regime adotado na união. Existem 3 tipos:

> Comunhão universal de bens: é o regime comum. Nesse, todos os bens dos noivos, adquiridos antes ou depois da união, pertencerão a ambos após o casamento. É necessário ir a um tabelião antes da cerimônia para fazer uma escritura;

> Comunhão parcial de bens: todos os bens adquiridos após o casamento serão comuns ao casal;

> Separação total de bens: Aqui, cada um possui os seus bens, sejam adquiridos antes ou depois do casamento. Nesse regime, também é necessário ir ao Tabelionato de notas.

Definição do tipo de casamento civil

Existem 3 formas de realizar um casamento civil, mas, em todas elas, os noivos precisarão comparecer ao cartório com pelo menos dois padrinhos.

> Casamento no cartório: celebrado no cartório pelo próprio juiz de pajem;

> Casamento religioso com efeito no civil: Esse é muito interessante porque o representante religioso escolhido pelos noivos é quem realizará a cerimônia. Para isso, os noivos e suas testemunhas precisam ir ao cartório com suas documentações pessoais (tópico abaixo) e um requerimento da igreja. O cartório emitirá uma Certidão de Habilitação que deverá ser entregue ao celebrante antes do casamento. Depois, os noivos têm um prazo de 90 dias para devolver o documento ao cartório;

> Casamento em diligência: Nesse caso, o juiz e um escrevente vão até o local escolhido pelos noivos para a cerimônia. Alguns cartórios cobram a taxa de locomoção do juiz.

casamento civil

Habilitação de casamento

Agora, é necessário ir ao cartório de Registro Civil mais próximo da residência de um dos noivos para que eles se submetam ao processo de averiguação: ambos precisam provar que são livres para casar. Essa etapa precisa ser feita ao menos 30 dias antes da cerimônia e os noivos precisam apresentar:

> Se solteiros – identidade e certidão de nascimento;

> Divorciados – identidade e certidão de casamento com registro de divórcio;

> Se viúvos – identidade, certidão do primeiro casamento e certidão de óbito do cônjuge falecido.

Caso esteja tudo em ordem, os noivos estarão aptos a se casarem num prazo de até 90 dias corridos.

Após celebrar casamentos por mais de 10 anos aqui na Mansão Colina, nós sabemos que mesmo sendo uma parte mais burocrática da cerimônia, a hora de assinar os papéis é sempre muito emocionante. A partir daquele momento, as duas famílias são oficialmente uma só perante a sociedade. A vantagem de fazer um casamento de diligência ou religioso com efeito civil é poder ter todos os seus convidados reunidos (normalmente, no cartório, existe um limite de pessoas que podem estar presentes) e poder decorar todo o espaço como você sempre quis. Tenha sua cerimônia dos sonhos aqui na Mansão Colina. Entre em contato conosco!

 

O evento dos seus sonhos começa aqui

O ambiente ideal e à altura do seu evento está aqui.
Faça um orçamento >
Estrada dos Bandeirantes, nº 25.450 - Vargem Grande - Rio de Janeiro Tel: (21) 98246-1200 | (21) 98246-4200